Vanessa Matos - Pirassununga
Ver Todos






Missão Home Angels

Oferecer cuidado humanizado com respeito às necessidades físicas, emocionais e culturais de nossos clientes. Preservar a rotina familiar e estimular a independência de nossos assistidos.

Somos
seres humanos
cuidando
de seres humanos

NOTÍCIAS

Veja as pessoas que recomendam a Home Angels

Home | Notícias



fiogf49gjkf0d


10 Coisas Que Não Sabia Sobre a Doença de Alzheimer








Todos os dias existem milhões de pessoas que, directa ou indirectamente sofrem com a doença de Alzheimer. Segundo a Associação Alzheimer aproximadamente 44 milhões de pessoas vivem com demência. Estima-se que em 2050 o nº triplique. 


Por ser tão grave, a Doença de Alzheimer é das que mais tem motivado a comunidade científica a encontrar tratamentos ou soluções que permitam reverter a doença

 

Na nossa juventude a Doença de Alzheimer parece ser algo pouco relevante. Sentimos que ainda existem bons e longos anos até que os problemas da demência e da perda de memória sejam um potencial risco para nós. Mas na verdade, existem grandes probabilidades da doença vir a afectar alguém que conhecemos, senão a nós próprios, e é por isso muito importante educarmo-nos. 

 

Ainda que exista um conhecimento geral sobre o impacto da doença na vida das pessoas e dos familiares, o que é que ainda falta saber sobre a Doença de Alzheimer?





1 - É mais do que perda de memória: O conhecimento comum sobre a doença faz com que muitas pessoas pensem que é apenas perda de memória. A perda de memória é apenas um sintoma de algo muito mais profundo e altamente destrutivo. O corpo esquece-se como deve funcionar. A Doença de Alzheimer mata e conforme progride mpossibilita a pessoa de realizar funções inatas como mexer-se, engolir ou até manter o controlo da bexiga.

 

2 - Mudanças no olfacto e no paladar: A doença altera as células neuro-receptoras no nariz e como consequência o olfacto e o paladar mudam também. A preparação das refeições torna-se assim muito importante para garantir que a pessoa recebe a quantidade certa de vitaminas e nutrientes para se manter o mais saudável possível.

 


3 - São diagnosticadas mais mulheres que homens: As razões para este facto ainda são desconhecidas. Dados mostram que nos Estados Unidos da América, a cada 5 pessoas com Alzheimer, 3 são mulheres. Maria Carrillo, chefe de investigação da Alzheimers Association, diz que existem várias questões biológicas que apontam um maior risco para as mulheres e que a ciência deve procurar quais as razões. O que os cientistas sabem, comprovado pela Universidade de Stanford é que as mulheres que têm o gene ApoE-4 têm o dobro das probabilidades de contrair Alzheimer do que homens com o mesmo gene.







 

4 - Mulheres têm maior tendência para cuidar de doentes de alzheimer: A desproporção de mulheres que cuidam de pacientes com Alzheimer é inegável. Quando comparadas com os homens, conclui-se que existem duas vezes mais mulheres dedicadas a pessoas com Alzheimer do que homens. 20% das mulheres que cuidam desses pacientes tiveram de passar de trabalho full-time para part-time, enquanto apenas 3% dos homens o fizeram também. 

 

5 - Impacto gigante na vida e saúde dos cuidadores: Desde depressão, a problemas pessoais, problemas financeiros, stress emocional e tensão física, o impacto na vida e na saúde de quem cuida dos seus familiares com Alzheimer é enorme. A importância de reduzirem o seu próprio stress e cuidarem de si próprios é essencial para que possam manter a sua saúde enquanto cuidam da saúde das pessoas que amam.




6 - Depressão Pode Ser Sinal de Alzheimer: Os primeiros sintomas de Alzheimer incluem problemas de memória, como lembrar de nomes, eventos ou conversas recentes. Podem também incluir depressão e apatia. Mais tarde os sintomas podem incluir desorientação, comportamentos incomuns, falta de discernimento e comunicação debilitada.











7 - Por Vezes a Doença de Alzheimer Pode Ser Mal Diagnosticada: É também comum a doença ser mal diagnosticada por sintomas semelhantes aos de demência. Um deles é a depressão. Apesar de poder ser um sintoma, não é obrigatoriamente sinal da doença. Outros sintomas podem ser relativos a problemas da tiróide, delírio, efeitos secundários de medicação ou consumo excessivo de alcoól que pode provocar o Síndrome de Korsakoff.



8 - Pode Agravar Outros Problemas: Se já é bastante destrutiva por si só, quando associada a outros problemas como a osteoporose diabetes ou a hipertensão, a presença da demência complica a gestão e os cuidados destas doenças crónicas, implicando uma vigilância diária extra



9 - Expectativa de Vida Variável: A esperança de vida de um doente de alzheimer varia de pessoa para pessoa e é difícil prever quantos anos irá viver com a doença. Normalmente tendem a viver entra 3 a quatro anos, mas há doentes que já chegaram a viver 10 anos ou mais, com o apoio e os cuidados adequados. Vale apenas frisar que, segundo a Alzheimer Association, um em cada 3 seniores que morrem por ano, é-lhes diagnosticado Alzheimer.



10 - Doença de Alzheimer Conhecida Há Mais de 100 Anos: Mesmo assim, só 70 anos depois de ser descoberta é que foi considerada a causa mais comum de demência.







Solicite uma avaliação diagnóstica gratuita

Para expor suas necessidades e conhecer nossos planos e atendimento,
contate a Home Angels mais próxima